17 de fev de 2015

Empáfia

Estávamos saindo da lancheria, desviando da rota apressada das pessoas na calçada.
Me recordo de perceber os lampiões na frente das lojas, uma carroça puxada por um homenzinho de jaleco, mas também lembro de decidir não estranhar aquilo.
Atravessamos o estacionamento e nos afastamos um pouco até uma encruzilhada.

Subitamente, um dragão dourado apareceu no nosso caminho."QUEM ADENTRA EM MEUS DOMÍNIOS?" gritou em sua voz de trovão. Com sua enorme pata ele agarrou minha namorada, trazendo pra perto de sua carranca assustadora. Peguei minha funda e acertei seu olho com um pedrisco. "EMPÁFIA! INFÂMIA! QUEM OUSA ME ATINGIR?" A besta, num impulso de raiva, nos arremessou pra longe com sua pata livre. "É agora que vamos ser devorados" pensei.

Rápido como a brisa, meu amigo subiu por sua cauda escamosa até sua cabeça e sussurrou em seu ouvido: "somos amigos de Lia". "LIA?" - disse a fera - "MAS POR QUE NÃO DISSERAM ANTES?" - largando a menina com delicadeza. "ESSA FLORESTA É PERIGOSA, PEQUENINOS, TENHAM MUITO CUIDADO. VENHAM POR AQUI"



Ilustração Mark Jackson

Nenhum comentário:

Postar um comentário